quarta-feira, 10 de agosto de 2011

apego

líria porto

os dentes de leite
os fios de cabelo
as aparas das unhas
o rim que não tem
a juventude
eu
:
doem-lhe até hoje
todas as perdas

*

Um comentário:

MIRZE disse...

Tão triste, Liria!

Dói em mim também!

Carinho!

Beijos

Mirze

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog