segunda-feira, 29 de abril de 2019

receita caseira

líria porto

beijo de mãe e colo de avó
têm poder de cura

*

domingo, 28 de abril de 2019

jornada

líria porto

maria acorda cedo
bem mais cedo que os santos
lustra o sol limpa o céu
varre as nuvens
deixa tudo azul
um brinco
:
à tarde os anjinhos
e o menino jesus
bagunçam o paraíso

(josé
na oficina)

*

sábado, 27 de abril de 2019

galinha

líria porto

o céu lhe deu asas
a_penas consegue
voos rasantes

*

quinta-feira, 25 de abril de 2019

cu doce

líria porto

poesia não me procura
deixo-a de lado –– questão
de orgulho
porém quando me acene
abano-lhe o rabo

*

quarta-feira, 24 de abril de 2019

revolução

líria porto

fazia xixi na cama
e aquele cheiro de mijo
a urina solta entre as colchas
deu-lhe pavor
e prazer

o grito de rebeldia
(silencioso)
um dia abriu-se com força
soltou um berro
causou ferrugem no ferro
e corrompeu os grilhões

*

passageiras

líria porto

minhas certezas
são como nuvens
basta um ventinho
tornam-se dúvidas

*

freudiana

líria porto

linguiças fritas
mortas dentro da gordura
trans_formavam-se em aranhas
cabeludas
:
e iam à luta

*

segunda-feira, 22 de abril de 2019

da ingratidão

líria porto

mãos repletas voltam vazias
e o coração pleno de mágoa

*

covardes

líria porto

atos extremos
só com os fracos
:
quem os enfrenta
puxam o saco

*

quinta-feira, 18 de abril de 2019

caminhantes

líria porto

sem data para acabar
no cardápio alguma dor
o sol a lua as estrelas
idas e vindas ao bar
:
nossas vidas duradouras
os invernos os verões
os jardins
toda a colheita
companheiros de viagem
tu e eu
levo a maleta
ainda subo os degraus
porém não desço a ladeira
sem o apoio da bengala

*

quarta-feira, 17 de abril de 2019

fuzilamento

líria porto

ao matar-se um homem
com oitenta balas
quem faz os disparos
(quem os autoriza)
tem sede de sangue
fome de vingança
ou alguma tara

*

sábado, 13 de abril de 2019

assim

líria porto

camisa vermelha
bandeira vermelha
e sem maquiagem

*

oração

líria porto

santo anjo do senhor
tão zeloso e guardador
deixa os senhores de lado
e protege os servos

*

prece

líria porto

senhora desatadora de nós
suplico-vos –– mantende-nos
unidos

*

segunda-feira, 8 de abril de 2019

pântano

líria porto

eu tenho dois córregos
nascidos nos olhos
que sempre transbordam
encharcam-me e alma
e o corpo

*

flecha

líria porto

existe um caminho
começa no peito
não tem outro jeito
eu chego em você

*

das inutilidades

líria porto

a poesia
está a serviço
de porra nenhuma

*

amálgama

líria

eu tenho uma ideia
tu tens outra ideia
a gente se junta
e liberta o lula

*

curitiba

líria porto

três metros por cinco
quinze metros quadrados
o tamanho da masmorra

*

lula

líria porto

apartaram-no do povo
e escolheram um parvo
cercado de loucos
fardas e togas
para destruir as conquistas
dos trabalhadores
e transformar seu país
em esgoto

*

redenção

líria porto

cordeiro de deus
que atirais pecadores ao mundo
rogai por vós

*

casulo

líria porto

a pena da águia
quinze metros quadrados
duas horas de sol

(bom dia
boa tarde
boa noite)

*

terça-feira, 2 de abril de 2019

31 de março

líria porto

de mortos vivos 
de zumbis
      de caricatos

*

visagens

líria porto

eu vejo gatos nas nuvens
criaturas entre as cobertas
poesia no fundo das xícaras
sabedoria nas pedras
porém homens tão vazios
que deles eu só enxergo
os ocos e os abismos
que os atraem
aos infernos

*

lambança

líria porto

abril abriu-se
tripas repletas
tanta sujeira
tanta meleca
sobre a bandeira
verde amarela

*

primeiro de abril

líria porto

a mentira de amanhã
sobre a verdade de ontem
(e vício inverso)

*

passageiro

líria porto

acima das nuvens
dentro de um pássaro de aço
qual fosse lombriga

*

pragmatismo

líria porto

traiu-me
perdoei-o
vai me trair de novo
mas agora
pouco importa
dei-lhe o troco
muitas vezes
e ficamos quites

*

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog