sexta-feira, 22 de julho de 2011

para espantar a solidão

líria porto

lilás é azulada
não puxa para o roxo
e mora lá em casa

seu corpo de tule
flauteia revoa
às vezes me empurra


lilás é fantasma?

*

3 comentários:

MIRZE disse...

A culpa, claro que é do Lilás!

Beijos

Mirze

MIRZE disse...

Líria!

Falei da cor lilás, que amo, mas que alguns dizem que traz magia.

Amo o que você ama;

Beijos

Mirze

Júlio Castellain disse...

...
Líria,
Quanta beleza em suas letrinhas.
Venho aqui sempre que posso.
Abraço.
...

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog