quinta-feira, 26 de julho de 2018

esgrima

líria porto

foice a infância
a juventude
porém com pele lanhada
restam saúde coragem
pra enfrentar vicissitudes
passar rasteira na morte
até que ela triunfe

(dela ninguém se safa)

*

Nenhum comentário:

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog