quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

sobre a lápide

líria porto

bebi a vida num gole
sem enjoo sem engasgo
:
senti-lhe o cheiro o sabor
e jazo aqui – seu bagaço

*

Nenhum comentário:

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog