quinta-feira, 8 de abril de 2010

definitivo

líria porto

foi triste
quando partiste
levaste a estrada

*

3 comentários:

Mai disse...

Tua palavra é definitiva.
Porque, afinal:
"...esta estrada que ao findar vai dar em nada, nada, nada, nada do que eu pensava encontrar..."
besos

Mirse Maria disse...

Nossa!

É de arrepiar! Pelo menos senti assim!

Lindo, poeta!

Beijos

Mirse

nina rizzi disse...

eita, porra.
vou ellenizar, ah vou sim...

e os de cima tamém, hein.. pqp...

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog