quinta-feira, 20 de julho de 2017

edredom

líria porto

chamá-la mãezinha
faz parte do encanto
minha mãe gigante
imersa em carinho
levava no manto
todas as crianças
que sentiam frio
as suas –– que eram tantas
as da família
as da vizinhança
as desprotegidas
:
mamãe tinha asas grandes

*

quarta-feira, 19 de julho de 2017

o avesso

líria porto

no veludo da voz
a vulnerabilidade dos vassalos
e das vítimas

*

corrupt_ela

líria porto

à mulher do bandido
não basta dizer-se honesta
tem que renunciar às benesses
abrir mão da fortuna

*

terça-feira, 18 de julho de 2017

válvulas

líria porto

não tem causa sem defeito
não tem defeito sem causa
ninguém é o tempo inteiro
a mesma mala sem alça

*

esquecimentos

líria porto

de dentro das entranhas
direto pro cemitério
aborto sonhos
e planos
:
embora no inconsciente
tudo isso me apavora
preciso análise urgente
se não pra ontem
pr'agora

*

maricotinha

líria porto

enfia o nariz em meu nariz
a olhar-me nos olhos sem piscar
e ri tanto
e gargalha
que quase lhe beijo os dentes

*

segunda-feira, 17 de julho de 2017

francamente

líria porto

nasceste para o que não és
julgas-te injustiçado
tens menos do que mereces
em verdade te digo
eu também não quereria
morar na tua pele

*

esquecimentos

líria porto

bem de dentro das entranhas
direto pro cemitério
aborto sonhos e planos
não compreendo os mistérios

embora no inconsciente
tudo isso me apavora
preciso análise urgente
se não pra ontem
pr'agora

*

domingo, 16 de julho de 2017

tentação

líria porto

às vezes chego chegando
às vezes chego partindo
outras nem chego
que o diabo
é lindo

*

força

líria porto

a vida dói –– todavia
é melhor deixar doer

*

interplanetária

líria porto

vou pra marte após a morte
em vida vou pra avenida
rasgaram-me a fantasia
não a bandeira
vermelha

(sangro é no sapatinho)

*

o gari

líria porto

ali é que o porco torce o rabo
nos muros cinzentos –– no apagão
da arte

*

sábado, 15 de julho de 2017

desprezo

líria porto

sem teto descamisado
meu coração tem seus méritos
não deve quaisquer afetos
aos tubarões do mercado

*

segunda-feira, 10 de julho de 2017

anúncio

líria porto

dei pra todos
agora empresto
sem juras

é pegar
e largar

*

domingo, 9 de julho de 2017

cotinha

líria porto

não é que lá no asilo
arranjou um namorado
barba branca dedos trêmulos
que longe das cuidadoras
bolinava suas partes
brincava co'as suas tetas

*

validade

líria porto

chegada a tua hora
querendo ou não vais embora
terá vencido seu tempo

*

desaforos

líria porto

bate-boca
queda de braço
isso de medir força

*

fricotes

líria porto

tem gente que me renega
que me acha além da trilha
permitida às mulheres

o que faço?
mando-os à merda
que tratem das suas vidas
tão medíocres
tal é o tédio

*

cacete

líria porto

poluídos os poderes
desmantelado o país
a nação consumida
e a gente inerte
entregue à desilusão

as panelas?
nem um pio

*

construção

líria porto

as pedras todas que tive
as dos rins as da vesícula
levaram-me a acreditar
no barro que me fizeram
puseram areia e brita

*

barbitúricos

líria porto

quis dormir dias seguidos
e esquecer tudo o mais
os sonhos foram tão vívidos
(pesadelos?)
alívio foi acordar

*

segunda-feira, 3 de julho de 2017

neguinho

líria porto

gostoso como brigadeiro
passa mel na minha boca
no meu corpo inteiro

*

egoístas

líria porto

números primos
divisíveis só por um
e por si mesmos

*

porões

líria porto

das minúcias dos conluios dos conchavos dos subornos
(con)tratados às escuras por cúpulas
e tubarões

*

privilégios

líria porto

tanto fez quanto tanto faz
tapar o sol co'a peneira ou chover
no molhado
:
os primeiros serão os únicos

*

sábado, 1 de julho de 2017

prudência

líria porto

sei quem és sabes quem sou
porém guardamos reservas
(nem eu mesma me conheço)
e falar a teu respeito
(mal ou bem)
isso é coisa que não vou
(não antes do saco de sal
que devemos comer juntos
debaixo do mesmo teto)

*

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog