domingo, 18 de setembro de 2016

benigno

líria porto

correu atrás do amor
um tempão a persegui-lo
deu-lhe flores e bombons
e o amor igual um grilo
pulava dum galho noutro
então desistiu do amor
e buscou nalgum amigo
tudo que sempre quis
:
camaradagem

*



Nenhum comentário:

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog