sábado, 11 de abril de 2015

conta-gotas

líria porto

esvaio-me – a cada dia
o frasco de vida
esvazia-se

*

Nenhum comentário:

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog