sábado, 4 de abril de 2015

cascavel

líria porto

todas as voltas revoltas
renegam o cor-de-rosa
e tudo o mais causa náusea

quem já dormiu com a cobra
quem já provou do veneno
de longe sabe o chocalho

parece o céu tem um nervo
um fio desencapado
:
careço dum para-raios

*

Nenhum comentário:

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog