terça-feira, 21 de abril de 2015

adoção

líria porto

a menina chamava meu nome
tinha medo de estar onde estava
eu corri pra salvá-la do medo
percebi que era eu que chorava

abracei-me tirei-me do berço
consolei-me e enxuguei
minha lágrima

*

Nenhum comentário:

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog