segunda-feira, 20 de março de 2017

paranoia

líria porto

daqui pra lá de lá pra cá
na faixa do meio –– no exato ponto
do equilíbrio
perdeu o eixo e nunca mais
por mais que queira
chegará à beira
                       de algo explícito

vive entre quatro paredes
para ele tudo é um risco

*

Nenhum comentário:

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog