terça-feira, 28 de março de 2017

nem morta

líria porto

podia me comer
trepar comigo
fazer amor
fazer sexo
:
possuir-me
isso nunca

*

Nenhum comentário:

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog