quarta-feira, 1 de março de 2017

08 de março

líria porto

mulheres do mundo inteiro
todas as crenças e raças
brancas negras amarelas
mestiças peles vermelhas
lésbicas mulheres trangêneras
todas num corpo só
pela igualdade de gênero
pelo direito de ser

*

Nenhum comentário:

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog