segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

na areia

líria porto

as minhas pegadas de encontro às tuas
quando se tocaram caminharam juntas
talvez para longe para algum lugar
onde os amores –– para além da morte
sobrevivam

*

Nenhum comentário:

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog