quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

madame

líria porto

espera que o sol durma
vire-se pra o outro lado
depois ela sai pra rua
vai quieta –– sem barulho
mergulha na poça d'água

nuinha

*

Nenhum comentário:

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog