domingo, 17 de janeiro de 2016

índia

líria porto

igual veio ao mundo
sem roupa sem nada
banhando no rio
catando a comida
um peixe uma fruta
o filho agarrado
à cacunda

*

Nenhum comentário:

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog