quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

a bagagem

líria porto

o que levarei na mala
senão a minha nudez
a esperança de encontrar-te
ao menos mais uma vez
pra dizer-te – vou pra marte
amar-te foi o mais belo
que podia acontecer-me
:
até breve

*

Nenhum comentário:

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog