domingo, 28 de dezembro de 2014

marcas

líria porto

o hematoma sara – sai da cara
porém a alma continua
carimbada

*

Nenhum comentário:

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog