sábado, 25 de janeiro de 2014

disfarce

líria porto

para ser sincero
eu só sei fingir
faço cara alegre
nas horas mais tristes

quando me machucam
eu digo não dói
pensam que sou forte
verdadeiro herói

recebi medalhas
condecorações
debaixo da pele
o medo me mói

*

Nenhum comentário:

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog