domingo, 12 de janeiro de 2014

des_construção

líria porto

com quantas andorinhas se faz uma tarde
com quantas crianças se tece um recreio
com quantas mentiras se formam as dúvidas
com quantos chicotes se forja um escravo
em quantas curvaturas desfaz-se
uma gueixa?

*

Nenhum comentário:

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog