domingo, 6 de setembro de 2015

colheita

líria porto

máscaras mágoas ressentimentos
tudo na mesma vala
a sete palmos

(a vida sem ervas daninhas)

*

Nenhum comentário:

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog