quarta-feira, 19 de agosto de 2015

das vontades mínimas

líria porto

tudo que eu quis e quero
não é ir a paris nem dançar tango
é dançar bolero num motel de estrada
com um marinheiro de branco
e pele dourada

*

Nenhum comentário:

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog