quarta-feira, 12 de agosto de 2015

bicho-do-mato

líria porto

tatu-bola tão pequenininho
o lugar que moro –– um furo na terra
fica rente ao muro para onde rolo
e fujo do perigo

*

Um comentário:

platero disse...

LINDO

perdi acesso a seu blog

bjo

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog