sexta-feira, 7 de abril de 2017

constrangimento

líria porto

um sonho diz tanto de nós
mas com vergonha –– em forma
de códigos

tivéssemos orgulho do que somos
falava na lata

sem subterfúgios

*

Nenhum comentário:

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog