domingo, 16 de outubro de 2016

programação

líria porto

se a morte aparecer
não tiver ninguém por perto
para cuidar dos detalhes
tomara me dê um tempo
para destrancar a porta
pentear os meus cabelos
pintar os lábios

(se ela não tiver pressa
ainda visto a mortalha
e deito co'as mãos
no peito)

*

Nenhum comentário:

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog