terça-feira, 25 de outubro de 2016

borderline

líria porto

entre a lucidez e a loucura
uma rua pequena
por onde trafegam crianças
poetas sonhadores libélulas
e gente que escreve
com sangue

*

Um comentário:

Laura Dorneles disse...

Incrível sensibilidade!

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog