terça-feira, 7 de junho de 2016

mulher de palavra(s)

líria porto

falo o que sinto e pressinto
cumpro o que prometo
digo a verdade possível
e minto às vezes
(quase sempre a mim mesma)

*

Nenhum comentário:

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog