sexta-feira, 3 de junho de 2016

indigesta

líria porto

por fora branca
dentro sou negra
pele vermelha
oriental

gente e bicho
cuidado comigo
sangro
e sou fêmea
:
perigo para mais
de mil talheres

Nenhum comentário:

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog