sexta-feira, 10 de outubro de 2014

meu caro

líria porto

não quero
que te tornes
tão querido
a curto prazo
não naquilo
das coisas
comuns
e cúmplices

tenho
o coração
muito ocupado
e fujo
das paixões
e das lamúrias

*

Nenhum comentário:

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog