quinta-feira, 30 de outubro de 2014

cerrado

líria porto

romper as nuvens
desprendê-las
e acaso poça
chorar as águas
até verdecer
:
ando farto de ser forte

*

Nenhum comentário:

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog