sexta-feira, 17 de outubro de 2014

couro grosso

líria porto

a minha carne velha
imprópria para consumo
resista à pressão das plateias
à sanha e ao ódio das aves
de rapina

*

Nenhum comentário:

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog