terça-feira, 6 de maio de 2014

regenerar

líria porto

deitar de bruços
dormir um sono de pedra
sem sonho nem pesadelo

acordar cedo
fazer o que tem que ser feiito
sem reclamar de cansaço

o dia é grande

*

Nenhum comentário:

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog