sábado, 7 de dezembro de 2013

crescimento

líria porto

eu andei corcunda porque te amava
carreguei nas costas o teu e o meu peso

agora resolvi – toma tuas pedras
eu só levo as minhas

(e um alívio dentro)

*

Nenhum comentário:

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog