sábado, 12 de outubro de 2013

autoconhecimento

líria porto

metade da vida eu dormi
metade do sono eu sonhei
e nesse quarto de vida eu me vi
eu me li
de olhos voltados para dentro

perdi tempo – para mim continuo
um enigma

*

Nenhum comentário:

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog