sábado, 15 de junho de 2013

debaixo da mesa do bar

líria porto

passava a mão na minha coxa
e eu ficava tão vermelha que tornava público
o que precisava ser ocultado

*

Nenhum comentário:

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog