domingo, 16 de junho de 2013

coma

líria porto

o mais perto da morte que se pode chegar
ali – com um pé lá outro cá eu tentei e consegui
dar um passo atrás

*

Nenhum comentário:

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog