sábado, 29 de dezembro de 2018

ilha

líria porto

poesia é estilhaço
fragmento de estrela
floco de neve
lasca de espelho
nós na madeira

*

Nenhum comentário:

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog