domingo, 20 de março de 2016

carniça

líria porto

abutres voam em círculos
sombras

a gargalhada das gralhas
prenunciam tempos duros
cadáveres

a poesia resiste

*

Nenhum comentário:

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog