terça-feira, 1 de dezembro de 2015

o bacalhau

líria porto

o desejo desse gajo
porém perdi o traquejo

o seu falo se intumesce
diante dele eu me castro

não pretendo abrir as pernas
vá dessalgar-se no tejo

*

Um comentário:

Ricardo Mainieri disse...

o gajo ficou só no ora,ora, pois, pois...

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog