domingo, 29 de junho de 2014

desamparo

líria porto

maria choveu enxurrou encolheu-se
e ninguém secou os rios que escorriam
dos seus olhos

*

Nenhum comentário:

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog