sexta-feira, 8 de março de 2019

maria da penha

líria porto

quem sei de mim só eu dentro
desse corpo tão cansado
de lavar passar varrer
cozinhar cuidar da casa
e ter que abrir as pernas
para quem não me respeita
e me espanca e me trai
e ainda me ameaça
se eu disser qualquer palavra
se eu contar para alguém

(basta)

*

Nenhum comentário:

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog