sexta-feira, 3 de agosto de 2018

natimorto

líria porto

viveu nove meses em meu ventre
enforcou-se nas cordas do corpo
e não viu o mundo
:
seria o meu filho
um bom homem?

*

Nenhum comentário:

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog